Archive for Tecnologia

Máquina de escrever USB

Não sei se ajuda a prevenir LER, mas achei bem interessante.

Primeiros passos com Arduino no Windows

Arduino Uno

1 | Consiga uma placa Arduino e um cabo USB

Nesse tutorial, vamos assumir que você está usando um Arduino Uno, Arduino Duemilanove, Nano, ou Diecimila, além do sistema operacional Windows. Se você tiver uma outra placa ou estiver usando outro sistema operacional, leia a página correspondente na página do projeto getting started guide (em inglês).

Você também vai precisar de um cabo USB (plug A – plug B): do tipo usado para conectar uma impressora USB ao computador, por exemplo. (Para o Arduino Nano, você vai precisar de um cabo diferente, A – miniB.)

arduino duemilanove

arduino duemilanove

cabo USB A-B

cabo USB A-B

USB A - miniB

USB A – mini B



Continue lendo →

Anedota, piadinha ou pequeno chiste do consultor

Ouvi essa história há muito tempo, e continuo lembrando dela sempre. De vez em quando, sinto vontade de fazer um negócio parecido.

“Um consultor foi chamado para resolver uma grave inconsistência nos dados recuperados por uma aplicação crítica rodando em computador de grande porte.

Depois de 30 segundos olhando um monitor de terminal, murmurou alguma coisa incompreensível, abriu a mochila e tirou uma chave de fenda!? Foi até uma das unidades de fita e apertou um parafuso de sustentação ¼ de volta.

Continue lendo →

O que é o Arduino?

Arduino Uno

O Arduino é um conjunto de hardware e software, ambos open-source, para o desenvolvimento de projetos de computação física. Isso pode parecer complicado, mas realmente não é.

O hardware é baseado em microcontroladores da Atmel (ATMEGA), com uma grande variedade de opções de placas que oferecem diferentes quantidades de ‘pinos’ de entrada e saída, de tamanhos e de quantidades de componentes eletrônicos.

Pode-se acrescentar componentes (conexão em rede, bluetooth, etc) a certas opções de placas Arduino através de placas auxiliares chamadas Shields.

O caráter open-source do hardware permite que você faça sua própria placa, se tiver disposição para isso. É possível também fazer clones em produção industrial, daí esse monte de placas compatíveis que se encontram para comprar pela internet.

O software do Arduino é uma IDE (ambiente de desenvolvimento integrado) que permite escrever os programas (chamados de Sketchs no mundo Arduino) na linguagem própria do Arduino, além de permitir expansão de funcionalidades com bibliotecas C++ e inserção de código AVR-C (linguagem do fabricante do microcontrolador). A IDE converte a código do sketch e carrega-o diretamente no microcontrolador, funcionando em ambientes Windows, Mac e Linux.

Continue lendo →

Interface de controle Processing para Ardumoto

Esse é o código da interface de controle que aparece no vídeo do post RoBô Arduino + Ardumoto

Para informações de como instalar a biblioteca ControlP5 visite http://www.sojamo.de/libraries/controlP5/.

Para informações sobre Firmata (Arduino e Processing) veja http://www.arduino.cc/playground/Interfacing/Processing

Continue lendo →

Arduino + Ardumoto

Montei um robô, bem simples, com um Arduino e o shield Ardumoto. Durante o processo de montagem eu pesquisei um bocado e percebi que muita gente teve dificuldades maiores que as minhas para achar as informações e por isso eu decidi fazer o post.

Robô Arduino + Ardumoto + Tamiya

Robô Arduino + Ardumoto + Tamiya

Continue lendo →

Captcha

Devido ao ataque de spammers, o blog agora tem um dispositivo para provar que quem posta o comentário é um ser humano, um teste captcha.

Para facilitar as coisas, é só arrastar o desenho certo para dentro do círculo.

Em baixo segue uma imagem de exemplo. Você pode obter mais informações no site: Fancy Captcha

O ócio produtivo

Tirei uns dias longe do escritório e pensei em aproveitar o tempo livre me divertindo com algumas coisas:

  • Plataforma de hardware open-source Arduino
  • Biblioteca de funções JavaScript JQuery
  • Criptografia com PHP e JavaScript

Primeira providência foi renovar a minha biblioteca. Não tinha nenhum livro sobre JQuery e queria aproveitar para comprar uma boa referência sobre JavaScript. Sem saber, estava começando uma experiência que mudaria minha percepção sobre o mercado de livros sobre programação.

Vou explicar em detalhes em um próximo post. Mas, em resumo, o livro de JavaScript que eu queria não está indisponível no Brasil, o livro sobre Jquery que eu comprei é horroroso e a internet se mostrou, mas uma vez, um repositório bastante camarada de informações.

Vendo a notícia de hoje que a venda de e-books superou a venda de primeiras edições, nos Estados Unidos, (que estatística esdrúxula!) e sabendo da minha dificuldade de achar os livros que eu quero, me convenço que o mercado de livros impressos já subiu no telhado.

Linux OEM

Sou usuário do sistema operacional Linux já há alguns anos. Sou fã do Ubuntu e seus sabores, especialmente do Kubuntu, e fico me perguntando: por quê as distribuições que vem pré-instaladas nos computadores vendidos no Brasil são tão capengas?
Minha mãe comprou, já faz tempo, um computador que veio com uma distribuição impossível de atualizar. Minha sogra comprou um computador com a distribuição Linux mantida palo fabricante da máquina e que não tinha suporte, além de não funcionar, teve que ir a justiça para receber o dinheiro de volta.
Uma vez liguei para uma central de atendimento de uma dessas distribuições, só para fazer um teste, e pedi ajuda para instalar um programa (IE4LINUX) e o atendente me sugeriu que desistisse, a tarefa seria por demais complicada. Visite o site do programa e veja o que você acha.
Eu acabo entendendo as pessoas que acham que o Linux é um sistema operacional de seguna linha, com esse tipo de experiência não tem como pensar diferente. Mas quero deixar claro que o linux é um excelente SO. O software livre, mais que uma tendência, é uma relidade e está presente em aplicações de missão crítica em empresas de todo o mundo.

Desculpem a falta de links, estou postando do celular na sala de espera da minha analista, mas tendo interesse em saber mais sobre ubuntu, kubuntu, IES4LINUX, software livre ou LINUX basta uma passada no nosso oráculo: o pai google de oxossi.
P.S.: Instalei o kubuntu para minha mãe e ela o usa até hoje, sempre a versão atualizada dos pacotes.

[ATUALIZADO]
Seguem os links, não coloquei no meio de texto para não ferir a pureza (?) do post.
Pai google ;
www.kubuntu.org ;
www.ubuntu.com ;
IEs4Linux ;
O que é o Linux? do ótimo www.vivaolinux.com.br ;

Bytes fisicamente menores

Apesar de ter refeito o projeto gráfico e ficado mais parecida com a Época, a Veja continua dando suas patacoadas. As incorreções são muito comuns no meio jornalístico, principalmente quando leigos tentam simplificar algo que não entendem. No texto do site não consta a frase que segue abaixo, mas na revista que eu tenho em casa ela tá lá, preto no branco:

“(…) reduziu o tamanho dos bytes de modo a caber mais deles no aparelho – e, com isso, mais memória(…)”

No guia veja da edição de 13 de agosto, sobre como a nanotecnologia está presente na evolução dos aparelhos celulares.

Fiquei imaginando, como a diferença entre o que é físico e o que é lógico pode confundir as pessoas. Sem contar a parte em que confundem HD e memória Flash quando falam sobre MP3. E olha que no rodapé da página tem o nome de um monte de especialistas que foram consultados.